sexta-feira, 22 de março de 2013

Pessoas Penduradas em Teresópolis

 

Trabalhadores Executam suas Atividades em Plena Sexta Feira      

 

 

        Em Teresópolis, cidade serrana, tranquila, charmosa e refrescante (em seus melhores dias) seres humanos são avistados dependurados em equipamentos, aparentemente pintando uma gigantesca caixa de concreto de guardar gente.
       É comum teresopolitanos reclamarem que nada acontece na cidade e é ainda mais recorrente reclamarem de tudo oque acontece na cidade. Também não é raro reclamarem do que não acontece. Entretanto, o acontecimento desta manhã de sexta feira (22 de março) prova que acontecem coisas importantes na cidade com uma frequência incessante (literalmente).
       Os humanos, pendurados por cabos e geringonças próprias para a execução da atividade que estavam praticando, ainda não foram identificados.

       O vídeo à seguir mostra o flagrante da atividade corriqueira, aparentemente emocionante, apesar de desgastante e levemente remunerada dos dois indivíduos.



 
 
 A construção residencial, com formas quadriculadas, que está recebendo a atenção dos dois homens, trata-se de uma espécie de coméia repleta de humanos dentro. Mantendo a analogia, assim como as abelhas, essas criaturas podem ser perigosas física e moralmente, não só às abelhas, mas também aos seus semelhantes. É claro, é importante destacar que as abelhas são muito menos perigosas e incômodas em relação aos humanos, além de serem criaturas incríveis!

 
"De acordo com as leis da aviação uma abelha nunca poderia voar, suas asas são pequenas demais para levantar seu corpo gordinho. As abelhas no entanto voam assim mesmo, porque elas não dão a mínima para que os humanos pensam ser impossível."
(frase do filme Bee Movie)

2 comentários:

Paulo Lucic disse...

E é justamente quando ninguém vê, que tudo acontece... Valeu Lisses.

Ulisses Alves disse...

Exato.